Fórum de Turismos foi realizado em Serranópolis!

O Secretário de Cultura e Turismo Delidio Nery, junto com a Vice Prefeita Dra. Jane Áurea, recebeu na tarde do último dia 10, o Presidente da Goiás Turismo do Estado de Goiás, Dr Fabrício Amaral, na Reunião do Fórum de Turismo do Pegadas no Cerrado, que aconteceu no Armazém de Cultura de Serranópolis. O evento contou ainda com a presença de mais de 15 municípios, que fazem parte do Circuito Turístico Pegadas no Cerrado.
Fez presente ainda no evento, a Diretora Técnica do Ministério do Turismo do Brasil, Dra Ana Carla, que na ocasião representou o Ministro do Turismo do Brasil, Marcelo Álvaro.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, reuniu se, com os municípios da Região Turística Pegadas no Cerrado para falar sobre o Plano de Ações da Autarquia. Durante o encontro, será discutido o Programa de Regionalização do Turismo (PRT). A abertura do Fórum foi às 11h, no Armazém de Cultura, em Serranópolis.

O Interlocutor do PRT e Coordenador de Estruturação de Destinos Turísticos da Goiás Turismo, Luciano Guimarães, também estava presente no evento, abordando os critérios do Novo Mapa do Turismo Brasileiro, para esclarecer demandas dos municípios que desejam fazer parte do Programa de Regionalização.

A coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo do Mtur, Ana Carla Fernandes Moura, também foi uma das convidadas para tratar sobre a importância e a atualização do Mapa do Turismo. Segundo Ana Carla, “somente municípios que integram o Mapa poderão ter acesso a programas e recursos prioritários da Pasta para desenvolver o setor”.

A região turística Pegadas no Cerrado é rica em belezas naturais e culturais, abrangendo municípios do Sudoeste goiano, entre os quais fazem parte Serranópolis, Rio Verde, Jataí, Bom Jardim de Goiás, Piranhas, Caiapônia, Maurilândia, Turvelândia, Paraúna, São Luís de Montes Belos, Santa Rita de Goiás, além das cidades de Mineiros e Chapadão do Céu, onde está localizado o Parque Nacional das Emas, patrimônio natural mundial da Unesco.

Compartilhar

Desenvolvido por