TURISMO // Serranópolis está no novo Mapa do Turismo goiano e brasileiro do Ministério do Turismo!

O Ministério do Turismo divulgou, nesta segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 cidades de 333 regiões turísticas do país foram incluídas na atualização da plataforma. Em Goiás, são 79 municípios no Mapa do Turismo. O Estado continua com 10 regiões turísticas: Vale do Araguaia, Ouro e Cristais, Chapada dos Veadeiros, Negócios e Tradições, Pegadas no Cerrado, Estrada de Ferro, Lagos do Paranaíba, Águas e Cavernas do Cerrado, Vale da Serra da Mesa e Águas Quentes. (Veja foto do mapa).

O município de Serranópolis, no sudoeste goiano, é um dos municípios a aparecer no Mapa do Turismo Brasileiro, segundo o Ministério do Turismo; em junho foi aberto pelo Mtur, o prazo para cadastro e organização de documentação dos municípios interessados a serem incluídos e ou permanecerem no mapa.

Segundo o Secretário de Cultura e Turismo de Serranópolis, Delidio Nery, a luta foi grande para organizar toda parte documental e formação de conselhos. “Graças a Deus, e com apoio de nosso prefeito Tárcio Dutra e nossa vice-prefeita Dra. Jane e nossos colaboradores, conseguimos organizar toda parte documental e encaminhar para equipe da Goiás Turismo, que diga se de passagem, são nossos maiores parceiros na pessoa do Dr. Fabrício e do interlocutor Luciano e toda equipe da Goiás Turismo”. Disse.

Para o prefeito Tárcio Dutra é sem dúvida mais uma oportunidade de trabalhar os potenciais turísticos e sucessivamente, estar buscando benefícios junto ao Ministério do Turismo para o município.

O Gerente de Estruturação de Destinos e Produtos Turísticos da Goiás Turismo e interlocutor do Programa de Regionalização do Mtur, Luciano Guimarães, destacou que integrar o Mapa do Turismo Brasileiro é fundamental para o município que pretende desenvolver seu potencial turístico. “O Mapa é uma ferramenta importante de recorte territorial que visa canalizar o uso de recursos públicos por parte do governo federal, além de ser uma grande vitrine. Infelizmente, quem saiu do Mapa deixou de considerar o Turismo como atividade prioritária”, afirmou.

O Presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, destaca que todos os projetos desenvolvidos pela autarquia priorizam os municípios que fazem parte do Mapa do Turismo. “Todos os projetos têm o olhar regional. O objetivo é fazer com que cada região, com suas características próprias, se desperte para a atividade turística”, informou.

Compartilhar

Desenvolvido por